Wednesday, April 1, 2009

Discurso em um casulo


Por que eu não esqueço?
Quando parei de acreditar
que estava no caminho certo?
Em que parte do caminhar
houve o tropeço?
Entre a mente e o coração,
qual o mais esperto?
Entre o que mente e o que
vive vão, qual eu mais detesto?
Pra seguir, só há um seguimento:
Andar e sorrir até que
passe o resto.

Kadydja Albuquerque > 01.04.2009 (sem mentiras...)
Foto: Prainha / RJ

1 comment:

Nadja said...

Seria demais querer entender?
Só sei que entre a mente e o coração os caminhos não se encontram e são infinitos; As vezes eles se tocam é uma comunhão ou uma desilusão....Quem vai entender?
Beijos.
Joselita sem noção.