Monday, November 9, 2009

Sweet Jardim



Como um brotinho de feijão foi que um dia eu nasci,
Despertei cai no chão e com as flores cresci.
E decidi que a vida logo me daria tudo
Se eu não deixasse que o medo me apagasse no escuro.

Quando mamãe olhou pra mim, ela foi e pensou
Que um nome de passarinho me encheria de amor
Mas passarinho se não bate a asa logo pia
Eu que tinha um nome diferente já quis ser Maria
Ah, e como é bom voar

Passarinho - Tiê

1 comment:

Adriana Massocato said...

Olá,
sigo te acompanhado...
em suas histórias lindas e bem contadas.
Beijo.