Thursday, March 26, 2009

A minhas amigas



Como ondas no mar,
entre vai e vens do seu ser
a moça tece o seu caminhar
cai, levanta, custa compreender
que só coragem a liberta para seguir...

Moça, é preciso se conhecer e
deixar-se definir
que a verdade não está em crer,
mas em fingir que acredita...

Entre tantas, és tão bonita
mas ensaia sorrisos e cenários
vive no seu doce imaginário
onde já não há mais boneca
apenas um conto sem garantia de fadas...

menina que só quer ser amada,
será que é só o que realmente quer?
Será que não insiste em tatear o nada?
Será que ainda não te reconhece mulher?

Kadydja Albuquerque > 27.03.2009

Escrevi pensando em todas as minhas amigas. Mulheres lindas, fortes, únicas e incompreendidas. Ainda bem.

São duas da manhã e eu tô aqui em casa, sozinha, vendo DVD e pensando em como nos perdemos. Lembrei de Elô, grande amiga-irmã, assídua deste blog, mas que nunca comenta. "Você se afastou de mim né?" A pergunta que ela mais me gosta de fazer. E a que eu menos gosto de responder.

Lembrei de Carol, minha baiana preferida, a moça das declarações após a terceira capirinha. Lembrei de Fernanda, companheira mais presente, ser humano dos olhos mais Juliana Paes que eu conheço.

Lembrei de Celiene, sempre amiga mesmo que distante, uma pessoa que me serve de referência como força e que me provoca arrepios só de lembrar da sua reviravolta. Guerreira como eu acho que tem que ser. Lembrei de Mel, também distante, mas fascinante pelo seu talento, por sua paixão pelo mundo, pelos amigos, por sua insaciável vontade de celebrar a vida.

Tantas, tantas na minha cabeça. Aí junto as minhas férias com a minha skoll quente, e me dá uma saudaaade da época da Manguaça. Mulheres que disputavam os melhores e-mails, corujas por suas liberdades conquistadas, independentes, múltiplas. Continuamos todas assim, ainda que fragmentadas. Uma homenagem a minhas amigas, a essas mulheres de sorrisos, cenários, bonecas, contos de fadas - moças de verdade.

Continuo com vocês onde eu estiver. ;-)

4 comments:

Anonymous said...

kady!
saudades de todas essas moças tb.
e de vc, claro. sempre fina nas manguaças. das mais classudas.
para onde a vida está nos levando, beibe?
beijos

Débora

Luzi said...

Aiiiiiiiiiiiiii.....fiquei tão nostálgica após ler esse texto! Bateu uma saudade das amigas q vão se perdendo ao longo do caminho, mas q deixam marcar profundas em nosso coração!
Bjumiliagammm

Kadydja Albuquerque said...

é verdade Débora... sumida mesmo, mas até que fizemos uma farra boa na feijoada do Thiago. :-) Deixa Mel chegar que a gente planeja uma Manguaça daquelas!

Bjoo

fernanda valeriano said...

PA de mim só isso velho???Olhos de juliana paes, só tenho isso dela???are baba!!!